11 de abril de 2011

Baixa no PSB de Bayeux: partido do governador vive momentos de crise com saída de Teté


 
Ao contrário do que afirma a direção estadual do PSB na Paraíba quando revela fortalecimento da legenda no Estado, em Bayeux, a situação é bem diferente. Sem expressão política, com divergências internas e a saída de lideranças, o partido mergulhou numa grave crise.

Com a vitória de Ricardo Coutinho ao governo da Paraíba, o PSB de Bayeux, que antes vivia sem representatividade, ganhou uma grande projeção o que acabou atraindo a atenção e expectativa de dezenas de lideranças políticas.

Esta semana, a principal referência política do PSB na cidade, o sindicalista Luciano Canuto, mais conhecido como Teté, anunciou a possibilidade de desfiliação do partido. A informação ganhou as ruas e já representa uma grande baixa nos quadros da legenda.

Teté vinha estruturando o partido e preparando um planejamento de atividades visando o fortalecimento do PSB para as eleições municipais. Vários pretensos candidatos já tinham comunicado ao secretário geral as suas filiações, mas a saída do sindicalista rachou o partido.

Por questões de ordem pessoal, Teté deve deixar nos próximos dias o Partido Socialista Brasileiro.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário