22 de abril de 2011

Bacalhau é o peixe preferido durante a Páscoa. Aprenda a preparar a esse prato tradicional

O bacalhau é o peixe preferido durante a Páscoa. Aprenda a preparar a tradicional receita portuguesa

O hábito de evitar comer a carne vermelha durante a semana santa é antigo, convencionou-se substituir a carne pelo peixe, este ato relembra a crucificação de Jesus Cristo. O peixe é um dos símbolos da páscoa e um dos pratos mais tradicionais deste período é o bacalhau. Por ser um peixe de sabor forte e bastante característico, a melhor receita é aquela preparada de forma simples, semelhante ao preparo do original bacalhau português.

Aprenda a preparar um delicioso bacalhau ao forno e conheça algumas dicas de como combinar o prato com vinho, uma das bebidas mais consumidas nesta época do ano. Para preparar o prato, você vai precisar de 800 gramas de bacalhau do Porto, tipo lombo imperial, oito batatas inglesas grandes, uma cabeça de alho, leite integral e meio litro de azeite de oliva extra virgem.

O primeiro passo é deixar o peixe de molho em água fria por 24 horas, durante este tempo, a água deve ser trocada de seis a sete vezes e o bacalhau deve ser mantido na geladeira. Depois deste processo, retire a pele e as espinhas, cuidadosamente, e corte a carne em seis postas. Em seguida, enxugue bem as postas com um papel absorvente e deixe o peixe de molho no leite integral por três horas, a quantidade de leite é o suficiente para cobrir o bacalhau.

Agora, leve o bacalhau junto com o leite ao fogo baixo, aqueça por dez minutos, sem deixar ferver. Segundo Elizabete Veloso dos Santos, chef de cozinha e proprietária da Forno de Pizza, um dos principais segredos para preparar a bacalhoada é não deixar que a carne fique ressecada. "Quando o bacalhau é fervido por muito tempo, ele perde boa parte dos nutrientes e o sabor. Esta é uma tradicional receita portuguesa, já que a carne não vai para a fritura, por isso não fica ressecada", ensina Elizabete.

A chef ainda dá uma dica importante para a compra do peixe. "Quanto mais claro for a carne, melhor será a qualidade, pois indica que ele está novo e hidratado. Quando o bacalhau está amarelado, significa que ele tem muito sal, o que agiliza o processo de desidratação", revela ela.

Depois de aquecer, retire o peixe e seque novamente com papel absorvente, arrume as postas em um refratário. Para temperar o bacalhau, faça o molho de alho. Amasse o alho, aqueça meia xícara de azeite de oliva e frite o alho sem dourar.

Deposite o molho de alho por cima das postas, regue com mais um pouco de azeite e leve ao forno médio por 15 minutos, a 160ºC, até dourar. As batatas (com casca) vão ao forno junto com o bacalhau, mas em um refratário separado.

Para arrumar o prato, coloque uma posta de bacalhau e regue com azeite, coloque também duas batatas inglesas. Antes de colocá-las no prato, coloque-as em uma tábua e dê um murro para amassá-las.

O acompanhamento desta receita é um bom vinho. A bebida é a mistura ideal com o bacalhau e, é muito apreciada na mesa dos campinenses, durante a páscoa. Para não errar na combinação, Alyevison Thalles, sommelier (especialista em vinhos) da Forno de Pizza, faz a enogastronomia, que consiste na harmonização do prato com o vinho. "Para realçar o sabor do bacalhau, os vinhos tintos leves e os brancos encorpados são os mais indicados. Como opção do vinho tinto leve, escolha o chadoneay; já o pinot noir é um um ótimo exemplo do branco encorpado", explica Alyevison.

A harmonização entre o bacalhau e estes tipos de vinhos se dá pelo sabor acentuado do peixe. Graças a qualidade da uva e a região onde a bebida é produzida, o preço do vinho varia entre R$ 33,00 e R$ 89,00. Mas, de acordo com o sommelier, em Campina Grande também são encontrados vinhos nacionais com características semelhantes aos citados e por preço menor.

Receita

Bacalhau ao forno 800 gramas de bacalhau do Porto; 8 batatas grandes; Uma cabeça de alho; Leite integral; Meio litro de azeite de oliva.

DB

Nenhum comentário:

Postar um comentário