15 de março de 2011

Rádio comunitária da Paraíba foi proibida pela Justiça de executar músicas

Fato inusitado ocorre na cidade de Sapé, na região do agreste da Paraíba, onde a Rádio Comunitária Sapé FM foi proibida de executar músicas em sua programação devido a uma ação judicial do ECAD(Escritório Central de Arrecadação e Distribuição). Depois de quase três anos sem tocar músicas, a rádio voltou à sua programação normal no dia de hoje, 15 de março, também por força de liminar.
As rádios comunitárias são obrigadas a pagar o ECAD, mas, quando pagam por tocar um artista local, este jamais recebe pois o montante arrecadado vai, dentre outros destinos, para os detentores dos direitos das 600 músicas mais tocadas. Esse modelo em curso até aqui, privilegia aqueles que fazem uso da prática ilegal do jabá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário